Karina Kuschnir

desenhos, textos, coisas

Artista, bicho, jardim

11 Comentários

vangogh

“O artista é um bicho assim: a dor dá cor ao seu jardim…” (Juva Batella, em Do gato Ulisses as sete histórias, p.38)

Pela coragem de atravessar a cidade, pela paciência de encarar a fila, pelos sorrisos, pelos abraços, pelas flores, pelos carinhos, pelos compartilhamentos, pelas mensagens dos que não puderam ir, e pelos quase 150 Ulisses que vocês levaram para passear… muito obrigada!

Queria escrever sobre os livros que estou lendo, mas não terminei nenhum dos dois ainda… Também estou em crise de decidir o que quero desenhar, mas tanto os diários da Margaret Mee quanto as cartas do Van Gogh me levam em direção às plantas. Na falta de um jardim de verdade, fui para um imaginado (acima) e para um pequeno parque perto de casa (abaixo).

Sempre leio que o artista cria a partir das suas “referências de infância”. Tipo José Lins do Rego escrevendo sobre a vida no sítio do pai — história aliás lindamente transformada no livro “O menino que virou escritor” de Ana Maria Machado (ilustrada por Ciro Fernandes, ed. José Olympio).

Mas menina urbana tem lá referência?

Pensa daqui, pensa dali, chego à conclusão de que tenho umas memórias de coisa verde sim. As plantas da escola onde estudei até os 12 anos ocupavam a nossa falta-do-que-fazer nos anos 1970. Na hora do recreio, uma das minhas atividades preferidas era arrancar essa florzinha vermelha do pé, despetalar e sugar o miolo! É uma eca, eu sei… mas não tinha celular nem mp3 naquele tempo. E o ser humano gosta de fazer besteira.

hibiscos

Uma coisa divertida dessa busca pelo jardim perdido é usar o Google para descobrir o nome das plantas. Essa aí de cima é uma “Malvaviscus arboreus”, também chamada de hibisco-colibri pelos especialistas (porque não acredito em “nome popular” de planta).

* 7 Coisas impossivelmente-legais-bonitas-interessantes-hilárias-ou-dignas-de-nota da semana:
* Uma amiga leu o post sobre os 3 Ps (paixão, paciência e prática) e me mandou de presente a linda ideia dos três Cs: Coragem, Coração e Consciência!

* Apesar da resistência, reli com a Alice “Os bichos que eu tive”, da Sylvia Orthof, e ela teve que admitir que achou muito engraçado.

* Um tio-cunhado leu o post sobre as críticas e me mandou de presente a história de quando ele entrou para a família. Depois de se hospedar na casa da minha tia-avó, ele ouviu-a ligar sorrateiramente para a futura sogra: — “Dida, tu sabes que ele tomou banho e deixou tudo impecável, como se o banheiro não tivesse sido usado!”

* A Cora Rónai fez uma foto incrível e escreveu um perfil muito simpático de um dos meus heróis no Rio de Janeiro: o Tony, que resgata, protege e doa animais abandonados, com a ajuda da Marluce, sua companheira.

* Participei a convite da Daniela Manica e da Marina Nucci de uma roda de conversa emocionante no IFCS com alunos e funcionários, sobre gênero, corpo e trabalho. Foi um momento marcante nesses quase dez anos de UFRJ, que me lembrou o amor por tudo que aprendi na escola das Amigas do Peito.

* Achei por acaso (e comprei por um preço ótimo!) o lindíssimo livro “Usos e circulação de plantas no Brasil”, organizado pela Lorelai Kury (ed. Andrea Jakobson).

* Três crianças disseram que leram de uma vez e adoraram o nosso “Do gato Ulisses as sete histórias”!

* Sobre os desenhos: Desenhos feitos no caderninho Laloran com aquarelas Winsor & Newton e lápis de cor Carand’Ache aquarelável. No primeiro, o jardim foi de imaginação, exceto pelo passarinho inspirado numa imagem do livro-fofo The Summer Book, da Susan Branch, que ganhei de presente há seculos da Dri. A frase à direita é de uma das cartas de Van Gogh para seu irmão Theo. Para o segundo desenho, colhi algumas flores de verdade caídas no chão, já bem murchas, coitadas, pois não tive coragem de arrancar do pé onde um beija-florzinho tomava seu café-da-manhã.

Anúncios

11 pensamentos sobre “Artista, bicho, jardim

  1. Pingback: Pequeninas verdades | Karina Kuschnir

  2. Olá Karina. Amo seu blog! Suas ilustracoes entao…Nossa que inveja boa! rs. Gostaria de saber desenhar assim…Acho simplesmente fantástico poder se expressar também através de imagens…Me divirto com suas histórias e me identifico muito com elas…Sobre o hibiscus eu nao acho “eca” rsrs. Também adorava fazer isso!!! Sucesso sempre! Sandra

    • muito obrigada pelas palavras tão gentis, Sandra. Para aprender a desenhar, é só começar! Não existem desenhos certos ou errados. É como tocar um instrumento musical: quanto mais praticamos, mais melhoramos. Ah, e que bom achar mais companheiras de sugar hibiscos! hahaha Volte sempre!

  3. Que delícia de texto e desenhos delicados e maravilhosos. Adoro seus posts! Ah, eu também na época de ginásio passeava pela lagoa depois das aulas e chupava o melzinho dos hibiscos. Doces lembranças.

    • hehehe — ainda bem que eu não era sozinha maluquinha comedora de flores! obrigada pela visita e pelo incentivo, querida!

  4. Karina, teus textos são sempre como a brisa fresca e despretensiosa que perpassa o corpo e alegra o espírito. Adoei este teu post (novidade?), faço somente a ressalva ao teu antropológico comentário: “Malvaviscus arboreus, também chamada de hibisco-colibri pelos especialistas (porque não acredito em “nome popular” de planta)”. Houve um tempo em que podíamos considerar os nomes vernaculares, mas desde os anos 70, com a influência da TV, passamos a usá-los com a cautela que nos é própria. Tenho me ocupado deste tema e espero que esta análise (meu lado 0800 de antropóloga) nos desvele esta temática maravilhosa que envolve a forma como nos relacionamos com a natureza. E não seria isto mais uma forma de amor por tudo? Ah! Eu também chupava este caldinho insípido ou pendurava as flores como brincos (afinal, ela também é chamada de brinco-de-princesa), quando não suspeitava ser botânica. Bj grande

    • Rejan querida, nossa, fiquei emocionada de receber você aqui no blog… Obrigada pela visita e por me mandar de volta essa “brisa fresca” de leitora generosa… Amei saber que você também gostava dessas florzinhas e estou morrendo de curiosidade já para ler seus textos sobre o assunto dos nomes! vou te escrever!

  5. Karina, como é bom ver seu post na telinha logo cedo, ainda mais que amanhã é meu aniversário e considero sua mensagem o meu primeiro presente [é, ainda tenho alma de criança e adoro aniversário, é bom celebrar a vida desde o dia que cheguei a esse mundo louco]. Os hibiscos estão lindos e a cor vermelha tá especial. Lembrei que eu também tirava aquela coroazinha verde e bebia o docinho da flor. Havia uma cerquinha de hibiscos na casinha de vila atrás da PUC SP, onde morei. Hora de trabalhar, não vou me demorar muito. Obrigada pela telinha de hoje.Bjs, Cristina Band.

    Date: Thu, 18 Jun 2015 01:27:49 +0000 To: cristinaband@hotmail.com

    • Querida, que legal seu comentário!! Feliz Aniversário atrasado! Adorei saber que eu não fui a única a depenar a pobre florzinha! Bom trabalho!

      Em 18 de junho de 2015 07:55, Karina Kuschnir escreveu:

      > Responda a este comentário respondendo acima desta linha > Novo comentário em “Karina Kuschnir” > > *Cristina Band commented on Artista, bicho, jardim > * > > “O artista é um bicho assim: a dor dá cor ao seu jardim…” (Juva Batella, > em Do gato Ulisses as sete histórias, … > > Karina, como é bom ver seu post na telinha logo cedo, ainda mais que > amanhã é meu aniversário e considero sua mensagem o meu primeiro presente > [é, ainda tenho alma de criança e adoro aniversário, é bom celebrar a vida > desde o dia que cheguei a esse mundo louco]. Os hibiscos estão lindos e a > cor vermelha tá especial. Lembrei que eu também tirava aquela coroazinha > verde e bebia o docinho da flor. Havia uma cerquinha de hibiscos na casinha > de vila atrás da PUC SP, onde morei. Hora de trabalhar, não vou me demorar > muito. Obrigada pela telinha de hoje.Bjs, Cristina Band. >

  6. Formidável este post todo !!! Parabéns pelos desenhos e pelos escritos.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s