Karina Kuschnir

desenhos, textos, coisas

A importância de não ser perfeito

16 Comentários

bolinhasp

Bom dia! Meu desejo para todos nós hoje é simples: ânimo! Um monte de cor para quem acordou melancólico e para quem acordou alegre e bem disposto. A humanidade, apesar de tudo, está vivendo mais e melhor.* Não podemos nos esquecer disso. Força para todos que estão aflitos com qualquer coisa — da vida cotidiana e das injustiças sociais, aos prazos para escrever trabalhos, projetos, dissertações, teses e artigos. Estou nesse barco também.

Nunca é demais lembrar que muita perfeição atrapalha. Como escreveu Oscar Wilde nesse diálogo:

— A senhorita é absolutamente perfeita, senhorita Fairfax.
— Ah, Espero não ser. Assim não haveria espaço para desenvolvimento, e eu pretendo me desenvolver em muitas direções.

E nada como rir de si mesmo, como nos lembram as frases de Lorde Goring, outro personagem de Wilde:

— Que pena que não me atrasei mais então. Gosto que sintam minha falta.
— [Meus defeitos] são terríveis! Quando penso neles à noite, durmo na mesma hora.
— Eu adoro falar sobre coisa nenhuma, meu pai. É o único assunto sobre o qual sei alguma coisa.
— Sempre distribuo bons conselhos. É a única coisa que se pode fazer com eles. Nunca têm serventia alguma para nós próprios.
— Tudo é perigoso, meu caro amigo. Se não fosse assim, a vida não valeria a pena…
— A vida nunca é justa, Robert.
— Sempre vale a pena perguntar, embora nem sempre valha a pena responder.
— …existe uma moda para passados, assim como existe uma moda para vestidos.
— Ah, a verdade é uma coisa da qual eu me livro assim que possível. O que é um péssimo hábito, aliás.
— É o amor, e não a filosofia alemã, a verdadeira explicação para este mundo, qualquer que seja a explicação para o outro. […] Mas já passa das sete, meu pai, e o médico diz que não posso ter nenhuma conversa série depois das sete.

Bom trabalho para todos nós!

3 Coisas impossivelmente-animadoras-bonitas-interessantes-ou-dignas-de-nota da semana:

* Hans Rosling mostra os avanços na vida humana em 200 países, por 200 anos, em 4 minutos: https://youtu.be/jbkSRLYSojo

* A artista Eva Furnari tem um site maravilhoso e fala de sua carreira e dos seus desenhos nesse mini-doc (20min.) produzido pelo site Esconderijos do Tempo: https://youtu.be/Fwv3zaDhpNc. Eu estava guardando esse link para fazer um post inteiro sobre ela, mas não resisto a compartilhar logo essa lindeza com vocês. Os personagens de Eva são perfeitamente imperfeitos!

* E para quem acompanha a carreira musical da Alice: já temos uma violonista tocando Bob Dylan em casa! 🙂

Sobre os trechos de Oscar Wilde: O primeiro diálogo é entre Jack e Gwendolen, personagens da peça “A importância de ser prudente”. As falas de Lorde Goring estão na peça “Um marido ideal”. Os trechos foram tirados de “Oscar Wilde — A importância de ser prudente e outras peças”, traduzido por Sônia Moreira, com introdução e notas de Richard Allen Cave, para a editora Penguin/Companhia das Letras. Esse volume é uma pequena joia para qualquer biblioteca. Merece ser lido da introdução até a última notinha na página 415. Lá, o editor cita um trecho excluído por Wilde: Jack perguntando ao seu interlocutor se seu nome é Grubsby ou Parker. E ouve: “– Sou ambos, senhor. Sou Gribsby quando estou tratando de assuntos desagradáveis e Parker em ocasiões de natureza menos grave.” Jack responde: “– Na próxima vez que o encontrar, espero que o senhor seja Parker.”

Acho que todos nós temos esses lados, concordam? Espero na próxima semana voltar aqui mais Karina e menos Kuschnir!

Sobre o desenho: Brincadeira de aquarela com as misturas que fui encontrando no meu godê. Minha regra foi trabalhar cada bolinha com tons claros e escuros da mesma cor, tentando fugir das combinações que costumo utilizar. A ideia surgiu do aprendizado de desenhar o calendário de setembro, com nuances apenas em azul. O resultado, principalmente ao vivo, é cheio de imperfeições. As bolinhas não são bem redondas e os traços não estão uniformes… mas, como vocês já sabem, meu lema é o da vovó Trude e do vovô Steinbeck: “feito é melhor que o perfeito”.

Anúncios

16 pensamentos sobre “A importância de não ser perfeito

  1. Pingback: A vida simbólica dos objetos – ideia para aula lúdica (2) | Karina Kuschnir

  2. Pingback: Mente selvagem: dicas de escrita de Natalie Goldberg | Karina Kuschnir

  3. Pingback: 25 dicas para revisar textos acadêmicos (de trás pra frente) | Karina Kuschnir

  4. Pingback: Brincando de pesquisar – ideia para aula lúdica | Karina Kuschnir

  5. Pingback: Tese sem CEP. Será que dá tempo? (Parte 2/2 – Cronograma) | Karina Kuschnir

  6. Pingback: Tese sem CEP. Será que dá tempo? | Karina Kuschnir

  7. A gente lê o post e fica mais disposta e feliz! Obrigada Karina.

  8. Pingback: A tese é viva, viva a tese | Karina Kuschnir

  9. Pingback: Como não escrever uma carta para a seleção de mestrado | Karina Kuschnir

  10. Que belo lema: “Feito é melhor que perfeito”!
    E que maravilha ter aí em casa uma “Dylana”. Parabéns!

  11. Demais, Kau!! Orgulho da minha prima!!!! Beijos!

  12. toca essa pra mim Alice! Blowin in the wind

  13. Adoro Lord Henry do Retrato de Dorian Gray. “Quando nos damos ao trabalho de expor uma ideia a um inglês legítimo – ação sempre temerária! – ele nem sonha em averiguar se a ideia é boa ou má. O que lhe parece importante é saber se nós acreditamos nela. Ora, o valor de uma ideia nada tem haver com a sinceridade do indivíduo que a exprime. Na realidade, a probabilidade é que, quanto menos sincero for o indivíduo, mais puramente intelectual deve ser a ideia, porquanto não a influenciam os interesses, nem os desejos, nem os preconceitos desse indivíduo. Prezo as pessoas mais do que os princípios; e as pessoas sem princípios, mais do que tudo neste mundo”

  14. Poxa….tava precisando de alguém q dissesse isso pra mim: ânimo. Pra tod@s nós. Obrigada e bjs! T

    Enviado do meu iPhone

    >

  15. Kausinha,

    Que lindo !! e que delicadeza !! Fico cada dia mais orgulhosa dessa minha filhinha querida.

  16. Bom dia Karina,

    Mais uma vez um presente receber seu e-mail, o dia começa “perfeito” 😉

    Adorei tb esta notícia: “E para quem acompanha a carreira musical da Alice: já temos uma violonista tocando Bob Dylan em casa!”.

    Palmas para a Alice 👏👏

    Bjos para voces

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s