Karina Kuschnir

desenhos, textos, coisas

atravessaid

Travessias

4 Comentários

atravessa2

Travessia, fuga, passagem, mar, transporte, morte, saudades, espera…  Se eu encontrasse o gênio da lâmpada, teria um só pedido: teletransporte universal. Que todas as pessoas pudessem se deslocar num segundo para os braços de seus amores, familiares, lares e terras. Acabariam as guerras, as lonjuras, a concentração das cidades.Seria possível viver no interior e trabalhar no litoral, ensinar na floresta, aprender no rio, levar comida, esperança e sol para quem precisa. (E não pediria amor, porque é sabido que os gênios podem tudo, menos implantar o amor no coração das pessoas. Se pudessem, não haveria necessidade de gênios, né?)

Lembrei do meu apreço pelos lugares de passagem — das pontes aos envelopes — vendo essa semana as imagens emocionantes de Eduardo Salavisa sobre refugiados em Portugal, iluminando um texto de Catarina Fernandes Martins e um vídeo de Frederico Batista para o jornal Público.

Desenhador imperfeito, como ele gosta de se denominar, Eduardo Salavisa é um dos artistas que mais admiro, por seus livros, seu blog, suas viagens, pelas redes que movimenta, pela pessoa que é. Seus traços e cores nos transportam… Seu afeto pelas coisas que desenha nos faz afetados por elas, promessa que muitas vezes a antropologia não consegue cumprir.

Vejam por vocês mesmos no vídeo acima de Frederico Batista (4:30′) ou leiam a matéria ilustrada Saudade de ti, quando vai chegar?

Sobre o desenho: Fiz o desenho que abre o post na plataforma da estação Uruguaiana do metrô do Rio com canetinha de nanquim permanente 0,2. Em casa, recortei e colei algumas imagens: o adesivo a-travessa (pedaço de uma etiqueta da Livraria da Travessa), a malinha (do folheto da exposição sobre as cartas de Augusto Boal do IMS) e pedacinhos de pacotes de chá que colei ou redesenhei. O bichinho no canto esquerdo é um carimbo de gato que botei numa nuvem. As cores foram pintadas em casa com aquarela e pincel de água Kuretake.

Links: Além do blog de Eduardo Salavisa, remeto a um dos posts preferidos que já escrevi: Não passei. E já ia me esquecendo: impossível não citar a travessia da Genifer Gerhardt no Tempo, com quem tive a honra de colaborar, como contei aqui.

4 pensamentos sobre “Travessias

  1. Relato emocionante! o SOTAQUE LUSITANO É LINDO!

  2. adorei! o tele transporte universal. iluminou meu domingo

  3. Bem tocante, Kau

    >

  4. ?Bom dia Karina,

    Foi muito bom ler o seu blog logo cedo, “atravessar” este dia, iniciando com ele, ficou bem melhor.

    Bjos

    [https://lh3.googleusercontent.com/gWhJbmiG3P9i1sTlWxOIxt76ejuU74HgzmEW1Jok6tVJWHL0AKkXxZQ5uPRlvVfnXAONsa3KefLRm2UFIZwljPT5JLg9I8QuEvLhutKZ-OEC_qXjQr2C3jb5q7hiSF9hhRRAA6ESuZZlIYHdyc1pTB4toXJO1Do7Vzy8a-qlXSjSMmGqpqIo7pQgw8MXIJuswzbEiV6nAI2gk4QhT6nCRNHZFzoCYXSo_HbZOvEbaTcNIa0t9RXsDP8hea-7BemUe6aRg_JyVqtubtGGHm6kBDJRat4scAR8ZbAtAl6u-5odofhZeOq-DBLYperJU1RfY6XICD92ZjFW_QjYhxZC9Z9aMHffwGTnCUTHDmLuyknjmhoVPuGlk10y44s2uBC-CGdoH9Eg27W7pHFZbWihlFfjmHgjteVDoHuCAQ8tfXqX1Qg8iddhTutU6NOr8EByNxkOrtvfyc3G2zabsmqE0I3r_tGqLrB9sZxoPBYbqn_0sdgqLQXZfHuYBmbr5rV2QK7WTEtdF-Bflt5Dh3k9xTHB5hjABgN1fkkPWxsLnYo=w591-h327-no]

    ________________________________

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s