Karina Kuschnir

desenhos, textos, coisas


4 Comentários

Maio/2019 – Nuvens

mai2019_pEssa semana minha grande inspiração foi o maravilhoso filme Pimenta nos Olhos da Andréa Barbosa e da Fernanda Matos sobre a região dos Pimentas, em Guarulhos-SP. É sobre jovens, redes, cidade, arte e conexões entre pessoas que acreditam no conhecimento. Fruto de um trabalho fantástico de ensino, pesquisa e extensão, coordenado pela Andréa e seu Visurb (Grupo de Pesquisas Visuais e Urbanas/UNIFESP) em parceria com o Lisa (Laboratório de Imagem e Som em Antropologia/USP). Que orgulho da vida universitária e das Ciências Sociais!

Como diz o Fabinho, um dos personagens do filme:

“quando eu terminar minha faculdade (…) eu vou sair pelo Brasil todo (…) passando tudo que eu sei para todo mundo, sem distinguir cor, raça, etnia. Eu tenho essa visão. Antes, o meu objetivo era conquistar algo — ter uma casa, um carro bom. Hoje, não mais. Hoje, meu objetivo, que vi [aprendi] através de professores e artistas, é passar conhecimento. Eu acho que esse é um bem que ninguém pode tirar de você.”

Quando eu tinha 19 anos, tive uma fase de sonhar que voava! Eram sonhos mágicos, de liberdade, de fazer planos e de ter esperança. Tenho saudades.

Mas o filme sobre o Pimentas me renovou esse espaço de imaginação, sensibilidade e criatividade. Espero que seja uma inspiração para vocês também.

Força a todos que estão precisando. Que possamos ter mais descanso, água, sonho, saúde, comida, amigos, bichos, plantas, livros, escritas, desenhos, música, arte, amor.

E que no meio de tudo isso não esqueçamos nem por um momento do que hoje nos parece mais distante e difícil de alcançar: Justiça.

Maio/2019 para imprimir aqui: arquivo em .pdf!

Sobre o desenho: Calendário padrão do mês impresso e depois colorido com vários tons de azul do lápis de cor Polychromos da Faber-Castell.

Você acabou de ler “Maio/2019 – Nuvens“, escrito e ilustrado por Karina Kuschnir e publicado em karinakuschnir.wordpress.com. Se quiser receber automaticamente novos posts, vá para a página inicial do blog e insira seu e-mail na caixa lateral à direita. Se estiver no celular, a caixa de inscrição está no rodapé. Obrigada! ☺

Como citar: Kuschnir, Karina. 2019. “Maio/2019 – Nuvens”, Publicado em karinakuschnir.wordpress.com, url: https://wp.me/p42zgF-3Kg. Acesso em [dd/mm/aaaa].


6 Comentários

Outubro/2018 — #δενπρέπειναυπάρχει

out2018_p.jpg

#δενπρέπειναυπάρχει — Porque lutar contra a violência, o racismo, a homofobia e a misoginia não é uma opção — é um dever, uma questão de justiça contra crimes hediondos.

#δενπρέπειναυπάρχει — Porque é preciso rejeitar um candidato e seus apoiadores que glorificam as armas, a tortura, o estupro e o extermínio de pessoas, manifestando seu ódio a negros, gays, lgbtis, mulheres e indígenas.

#δενπρέπειναυπάρχει — Para que a democracia não volte a ser ditatura; para que o holocausto e os crimes contra a vida não sejam negados; para que o jornalismo resista; para que as parcas conquistas dos direitos humanos no Brasil não retrocedam.

Na minha opinião, todas as escolhas nessa eleição são legítimas exceto quando o candidato apregoa as ideias acima. Basta uma pesquisa rápida para comprovar, através de vídeos, documentos e declarações oficiais, que temos um caso assim nas eleições presidenciais. Há um candidato com discurso criminoso, que deseja a morte (até de seu próprio filho, caso se torne gay ou case com uma mulher negra; e de sua ex-mulher), que apregoa o estupro e o extermínio de pessoas e de direitos.

Sei que a maioria das pessoas queridas que lêem esse blog concordam comigo. Obrigada por vocês existirem! ♥

Meu manifesto é para sensibilizar aquelas que estão indecisas. Não há dúvida possível nesse caso. Escolha qualquer candidato, mesmo que não tenha chances. Isso é legítimo. Deixe de votar, anule seu voto, vote em branco. Qualquer opção é melhor do que entregar sua representação cívica a um sujeito que defende tamanhas atrocidades em público — imaginem o que ele diz quando não está sendo gravado ou filmado!

Que as deusas nos protejam.

Para imprimir o calendário de outubro, aqui vai o .pdf em tamanho A4.

Para compartilhar o manifesto no Instagram:

out2018_q2

7 Coisas impossivelmente-sérias-relevantes-interessantes-e-dignas-de-nota sobre os assuntos em pauta:

♥ A frase que abre esse post foi inspirada numa citação de Nelson Mandela: “Superar a pobreza não é um gesto de caridade. É um ato de justiça”. (Discurso na Praça Mary Fitzgerald de Johanesburgo, em 2 de julho de 2005). No original: “Overcoming poverty is not a gesture of charity. It is an act of justice“.

♥ Em 2000, a Unesco e vários ganhadores do prêmio Nobel da Paz divulgaram um  manifesto reforçando seu compromisso em: 1) Respeitar a vida; 2) Rejeitar a violência; 3) Ser generoso; 4) Ouvir para compreender; 5) Preservar o planeta; 6) Redescobrir a solidariedade. Estamos num bom momento para reler o texto completo.

♥ Para entender a profundidade do racismo no Brasil, recomendo navegar pelo site Geledés. Entre as recentes estatísticas divulgadas, fica claro que a população negra é a mais afetada pela desigualdade e pela violência. Os negros são os que têm mais chances de serem asssassinados e presos; os que ganham os menores salários; a maioria dos desempregados; e a população mais subrepresentada politica e culturalmente. As mulheres negras são as maiores vítimas do feminicídio, da violência doméstica e obstétrica; do isolamento social e afetivo.

♥ No Brasil, a cada 19 horas, um LGBTI é assassinado ou se suicida devido à homotransfobia. Há um trabalho importantíssimo sendo feito e divulgado pelo site Homofobia Mata. Já são vários registros de ataques a gays realizados nessas eleições por apoiadores contrários ao #elenão.

♥ Somos o quinto país em número de assassinatos de mulheres no mundo. O Instituto Patrícia Galvão e a Fundação Rosa Luxemburgo lançaram em 2017 o livro Feminicídio #InvisibilidadeMata que pode ser baixado na íntegra. O site também disponibiliza um Dossiê sobre Feminicídio online. Também se multiplicam perseguições, ameaças e ataques a mulheres organizadoras de manifestos e marchas pelo #elenão.

♥ Por tudo isso, dia 29/09, milhões de pessoas sairão às ruas para gritar #elenão — veja aqui a lista de eventos em mais de 78 cidades brasileiras.

♥ Sobre os símbolos utilizados nesse calendário de Outubro/2018: as cores, as bandeiras e as setas são inspiradas no movimento Lgbti. Desenhei também signos do feminismo, da paz, assim como adaptações de símbolos dos direitos humanos (mãozinha) e dos animais (pegadas de patas).

Sobre o desenho: Fiz os símbolos primeiro com uma lapiseira grafite 0,5 (Pentel). Depois colori com várias canetinhas da Staedtler (triplus color e triplus fineliner) e da Sakura (Koi brush e Soufflé). Sobre as canetas, desenhei a maioria nesse post e lembrei de um desenho de 2015 com todas as cores das Sakuras:

sakura_souffle.jpg

Você acabou de ler “Outubro/2018 — #δενπρέπειναυπάρχει“, escrito e ilustrado por Karina Kuschnir e publicado em karinakuschnir.wordpress.com. Se quiser receber automaticamente novos posts, vá para a página inicial do blog e insira seu e-mail na caixa lateral à direita. Se estiver no celular, a caixa de inscrição está no rodapé. Obrigada! ☺

Como citar: Kuschnir, Karina. 2018. “Outubro/2018 — #δενπρέπειναυπάρχει”, Publicado em karinakuschnir.wordpress.com, url: https://wp.me/p42zgF-3Ia. Acesso em [dd/mm/aaaa].