Karina Kuschnir

desenhos, textos, coisas


6 Comentários

Power Up em Maio/2016!

maio2016p

Vamos fugir | Pr’outro lugar | Baby! | Vamos fugir | Pr’onde haja um tobogã | Onde a gente escorregue | Todo dia de manhã | Flores que a gente regue | Uma banda de maçã | Outra banda de reggae… (Gilberto Gil, Vamos Fugir)

Fizemos tantos planos em abril mas, como diria o Garrincha, esquecemos de “combinar com os russos”! No caso aqui de casa, os “russos” foram nossos corpos e anticorpos… Nas últimas semanas, nós três tivemos duas amidalites, duas contusões, algumas alergias e uma gastroenterite de derrubar, com direito a dois hospitais, várias picadas de agulha e uma tipóia (pra Alice, claro). Nem sei se o pior foram os incômodos físicos ou as horas e horas de espera nas clínicas dos planos de saúde e os gastos com remédios e médicos particulares… Foi um período de aceitar nossos limites. E de agradecer por termos ficado todos bem (eu ainda-quase).

Ausente aqui do blog por conta de tudo isso, pensei muito em vocês que programaram abril para se dedicar a escrever um capítulo da tese ou terminar a qualificação ou escrever um projeto. Secretamente desejei que todos estivessem sãos e fortes! Pior do que se sentir mal é a culpa de se achar incapaz de cumprir as próprias promessas! Sou a primeira dessa fila.

A inspiração para o calendário de maio veio de um vídeo inusitado sobre Corita Kent, uma freira que virou artista! Lá no fim do mini documentário, vi uma imagem criada por ela com a mensagem: “POWER UP” em cores próximas a essas que utilizei. Nas traduções da internet, achei um monte de significados legais para a expressão: energizar, dar força, recarregar, abastecer, ativar! Comecei o calendário por aí e fui atrás de um livrinho que li há uns anos sobre tipografia (Esse é meu tipo: um livro sobre fontes, de Simon Garfield, da Zahar). Me inspirei na Johnston, a primeira fonte considerada popular e de uso cotidiano, famosa por ter sido feita para o metrô de Londres. Minha versão está longe de correta, mas tenho certeza de que o deus-das-fontes-perfeitas me perdoa, só por hoje. Que maio traga um power up e tudo que o Gil fala na música: mais reggae, maçã e tobogã pra todos nós!

Sobre o desenho:  Utilizei canetinha Pigma Micron 0.2 para os contornos, colori com hidrocor Staedtler triplus color (canetinhas amadas vivendo seus últimos dias… chuinf), e fiz sombras com uma ponta pincel da Tombow n.79 (cinza claro quente).

Para o calendário: clique na imagem acima para imprimir em .jpg ou nesse arquivo .pdf

Links: A música do Gil tá aqui. O mini-doc sobre Corita Kent aqui (a imagem Power Up está em 3:33′). Cheguei nele através das dicas sempre ótimas da página Diário Gráfico. Para ver muitos significados de palavras, adoro esse dicionário online. E o livro sobre as fontes — acabei de descobrir — está praticamente de graça no site da editora!

(Por recomendação médica, as coisas-impossíveis ficam para um próximo post!)